Categorias
Curiosidades

Abacate dá azia? Faz mal para gastrite?

Um dos órgãos mais sensíveis do corpo humano é o estômago, principalmente quando o estilo de vida levado não é dos melhores. Os efeitos colaterais de uma alimentação mal feita pode não ser das melhores. Por conta desses efeitos, algumas pessoas têm dúvidas se o abacate dá azia ou não. Saiba a verdade sobre isso e conheça os benefícios desse alimento tão importante.

Por ser um órgão muito sensível, o consumo do abacate pode ser prejudicial para uns e nem tanto para outros. Dependendo do estilo de vida que a pessoa leva, e a quantidade do alimento ingerido, diferentes efeitos colaterais podem ser sentidos. Mesmo sendo um alimento totalmente natural, ele pode sim não cair tão bem no sistema digestório.

Os sintomas para quem é mais sensível ao abacate são diversos, desde dores intensas no estômago, até inchaço e bastante flatulência. E não importa o tipo de preparação, se for in natura ou em forma de vitaminas e papas.

Apesar de ser uma fruta que oferece diversos benefícios ao corpo, a principal dúvida é se consumir abacate dá azia. Ao longo desse texto você vai entender, quais são os possíveis males que esse consumo pode trazer ao corpo.

Consumir abacate dá azia? Conheça alguns efeitos desagradáveis do seu consumo!

É muito bom ressaltar, que qualquer alimento se ingerido em quantidades elevadas, sem dúvidas fará mais mal do que bem. Portando, devemos ter em mente que devemos consumir os alimentos em quantidades adequadas e toleráveis ao nosso organismo.

O abacate é uma fruta riquíssima em vitaminas e minerais e que auxilia em diferentes processos metabólicos dentro de diferentes sistemas.

A seguir você confere alguns efeitos considerados desagradáveis quando o consumo de abacate foi feito de forma exagerada.

1 – O consumo de abacate pode irritar o intestino

Antes de saber se consumir abacate dá azia ou não, precisamos pensar que tudo que consumimos em excesso, pode fazer mal e com o abacate não seria diferente. Consumir quantidades muito grande de abacate pode irritar o intestino, além de provocar dores fortes do estômago.

Existe um composto químico chamado polióis que pode causar um mal-estar muito grande nas pessoas, principalmente naquelas que possuem dificuldades na hora de digerir alimentos.

Além desse, existem outros compostos químicos que são totalmente irritantes ao estômago, são o salicilato e glutamato monossódico. Esses compostos químicos estão presentes no momento do amadurecimento do abacate.

Algumas pessoas não sentem absolutamente nada quando consomem o abacate, mas outros se tornam totalmente intolerantes a eles.

Os incômodos mais sentidos são os gases, dores abdominais, inchaço, flatulências e diarreia.

2 – Desenvolvimento de uma síndrome chamada látex-fruta

O corpo humano pode desenvolver uma síndrome chamada de látex-fruta, pode ser bem estranho a princípio, mas ela existe.

Essa síndrome causa diferentes reações alérgicas em um indivíduo, graças as substâncias que são encontradas em diversos produtos como brinquedos, frascos, fraldas, etc. Mas, também em algumas frutas que possuem proteínas que apresentam uma reação cruzada ao látex. O abacate é uma das frutas que apresentam esse tipo de reação.

A proteína da fruta possui uma estrutura totalmente similar ao látex, sendo assim o organismo de quem é alérgico, não consegue diferenciá-los. É nessa hora que acontece a reação alérgica.

Abacate dá azia?

3 – Péssima absorção da frutose

Algumas pessoas, possuem uma má absorção da frutose, sentindo desconfortos na região do abdômen. Para quem não sabe, a frutose é o açúcar contido exclusivamente nas frutas.

Para que se chegue à conclusão que um indivíduo possui intolerância a frutose, deve-se fazer uma ficha de anamnese bem detalhada.

4 – Mau funcionamento do fígado

Além de prejudicar a absorção e digestão no estômago, o abacate quando consumido em excesso, pode causar danos também no fígado, por conta da presença de anetol e estragol.

5 – Redução do colesterol bom

Estamos cansados de ouvir que devemos reduzir o colesterol ruim, pois ele é o responsável pelo surgimento de doenças cardiovasculares, entre outros males. O abacate atua na redução do colesterol, isso é ótimo, mas quando consumido em excesso, ele acaba reduzindo também o colesterol que seria bom para o organismo. Essa condição acaba trazendo malefícios irreversíveis para o organismo.

6 – A amamentação fica totalmente prejudicada

De acordo com especialistas, o consumo do abacate no período da amamentação pode ser um pouco prejudicial para o bebê, que pode sentir fortes dores de estômago. Além disso, ele também pode prejudicar a produção do leite.

7 – Aumento de peso

Mesmo sendo uma fruta excelente para a saúde, o abacate é calórico e isso pode ser um fator que vai contribuir para o aumento do peso. Então, consuma-o com moderação.

8 – Maior sensibilidade

Consultar uma Nutricionista é a melhor recomendação para identificar uma possível sensibilidade à ingestão dessa fruta. Se caso, for diagnosticada essa hipersensibilidade no seu organismo, então a melhor saída é o não consumo. Pois, poderão surgir algumas reações cutâneas como coceiras, urticárias, vermelhidão na pele, vômitos e eczemas.

Conheça 3 benefícios do abacate

Atualmente, o maior produtor de abacate é o México, mas o seu consumo é feito desde 8.000 a.C.. No Brasil chegou por volta dos séculos XVI e XVII e hoje é considerado o quarto maior produtor do mundo.

O consumo do abacate dá azia para algumas pessoas, como pudemos ver, mas é preciso ressaltar que ele é um alimento cheio de benefícios e que traz mais saúde para o corpo se consumido adequadamente.

Confira alguns desses benefícios.

1 – Rejuvenesce a pele

Antes de pensar se o abacate dá azia ou não, é preciso conhecer os diferentes benefícios que essa fruta oferece para o organismo de maneira geral. Por conter níveis adequados de vitamina C, possui uma facilidade de eliminar os radicais livres que causam celulite, rugas e estrias.

Isso se dá pelo fato dele metabolizar com facilidade, o colágeno. Essa, aliás, é a substância que dá a firmeza para a pele.

2 – Melhora a saúde dos cabelos

Fazer máscaras nos cabelos com abacate, melhora muito a hidratação, o brilho e a saúde dos fios de uma maneira geral. As pessoas ficam com os cabelos bem mais macios e brilhantes.

3 – Melhora o desempenho das atividades físicas

O abacate pode ser consumido antes da prática de atividades físicas, pois auxilia na hipertrofia muscular, fornecendo a energia necessária para os treinos.

Além disso, as proteínas contidas nele auxiliam no processo de recuperação muscular, evitando que ocorram fadigas musculares. Isso se dá devido ao combate contra os radicais livres que podem ser produzidos depois de uma atividade mais intensa.

Então, antes de condenar e deixar de consumir porque tem medo se o abacate dá azia ou não, conheça os seus benefícios e consuma essa fruta com moderação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *